domingo, 21 de setembro de 2008

HORÁRIO DE VERÃO

O Presidente da República publicou o Decreto 6.558/2008 que regulamenta o horário de verão no território brasileiro que se inicia no 3º domingo de outubro, adiantando-se uma hora nos relógios, e vai até o 3º domingo de fevereiro

Abaixo o texto publicado:
“O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 1o, inciso I, alínea “b”, e § 2º, do Decreto-Lei no 4.295, de 13 de maio de 1942,
DECRETA:
Art. 1o Fica instituída a hora de verão, a partir de zero hora do terceiro domingo do mês de outubro de cada ano, até zero hora do terceiro domingo do mês de fevereiro do ano subseqüente, em parte do território nacional, adiantada em sessenta minutos em relação à hora legal.
Parágrafo único. No ano em que houver coincidência entre o domingo previsto para o término da hora de verão e o domingo de carnaval, o encerramento da hora de verão dar-se-á no domingo seguinte.
Art. 2o A hora de verão vigorará nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.
Art. 3o Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 8 de setembro de 2008; 187º da Independência e 120º da República.

2 comentários:

kellyconsultoria disse...

Sempre odiei esse horário de verão, mas, achava tolerável em razão do mérito de sua proposta. Isso considerando a intenção de economia que se fazia com reflexos ambientais compensatórios dos grandes danos que a humanidade vem provocando ao planeta. Contudo, passados vários anos da implementação da mudança do horário, percebo que os reflexos sequer são vistos do ponto de vista da economia que justificou seu surgimento, e, consequentemete, benefício ambiental nenhum. As pessoas acordam mais cedo e acendem as luzes, porque ainda está escuro. As crianças que estudam de manhã e iam a pé para a escola são levadas de carro porque as ruas ainda estão escuras e desertas demais. No ápice do verão, as pessoas saem do serviço mortas de calor e acabam por passar no boteco com os amigos para uma cervejinha gelada (o que não tenho nada contra). Mas, isso faz aumentar o movimento do bar, e certamente o ritmo de funcionamento do freezer. O que quero dizer meus amigos, é que esse horário de verão só serve hoje para estressar o brasileiro, além do que ele já tem de stress e seu dia-a-dia e trazer doenças, por distúrbios orgânicos nos períodos de adaptação (início e fim do período). Lembrem-se: o horário alterado é o do relógio que fica na parede, no pulso, nos celulares, computadores. O nosso relógio biológico continua o mesmo, e nosso organismo funciona de acordo com o funcionamento do Universo. E, apesar da ilusão ótica, o sol continua nascendo e pondo-se no mesmo horário. Gostaria de saber como isso poderia chegar ao nosso Presidente da República, enquanto manifesto, para que se acabe de uma vez com esse absurdo que é o horário de verão. Estamos fazendo o quê? Brincando de ser Deus?

MARCELO disse...

Primeiramente, agradeço a colaboração, pois a intenção é exatamente de que os assuntos postados possam trazer diferentes pontos de vista dos leitores.
Em relação ao assuntto, me parece que équase como discutir religião ou futebol.
É que gostar ou não do horário de verão, independente da dicussão sobre o consumo de energia, depende quase totalmente do "relógio interno" de cada um.
Há aqueles que jamais se acostuma e passam os quatro meses com sono e cansaço.
Mas também existe um outro tanto de pessoas, nas quais me incluo, que se adaptam facilmente e utilizam as horas a mais de de dia para a prática de esportes, caminhadas, enfim, o que não mais se pode fazer à noite em nossa cidade, infelizmente.
Em relação ao consumo, confesso que fiz uma rápida pesquisa no Google e pude verificar que, por exemplo, em 1999 a economia atingiu 2,2%, chegando a 5,5% em 2004.
além disso, parece que esta pequena economia agora, irá influenciar em um menor aumento do preço da energia elétrica no futuro.
Como eu disse, são dados retirados de sites da internet.
Li, também, que o Brasil utiliza o sistema de horário de verão, ininterruptamente, desde 1985.
Nem parece.